11/21/2004

Poesia do Pobre

o pássaro do rico é canário
o pássaro do pobre é urubu
o rabo do rico é ânus
e rabo de pobre é cú

a moça rica é bacana
a moça pobre é xereta
a periquita da rica é vagina
a periquita da pobre é buceta

o rico correndo é atleta
o pobre correndo é ladrão
o ovo do rico é testículo
o ovo do pobre é culhão

a esperança do rico vem
a do pobre já se foi
a filha do rico menstrua
a do pobre fica de boi

o rico usa bengala
o pobre usa muleta
o rico se masturba
o pobre bate punheta

mas a vida é assim mesmo
seja no norte ou no sul
o rico toma champanhe
e o pobre toma no cú.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial